Mostrando postagens com marcador família na escola. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador família na escola. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Projeto : Família

Datas Comemorativas – “Dia da Família”
Dia Nacional da Família – 08 de Dezembro
O “Dia Nacional da Família”, foi instituído no Brasil em 1963 pelo então presidente da república João Goulart. Nos dias atuais, existem tantas configurações familiares que o mais adequado seria “Dia Nacional das Famílias”.
Dia Internacional da Família – 15 de Maio
A Assembléia Geral da ONU proclamou, pela resolução nº 47/237 de 20 de setembro de 1993, o dia 15 de maio como “Dia Internacional da Família”, com o objetivo de chamar a atenção de todo o mundo, governos, responsáveis por políticas locais e famílias, para a importância da FAMÍLIA como núcleo vital da sociedade e para os seus direitos e responsabilidades.
Estruturas familiares

As estruturas familiares compõem-se de um conjunto de indivíduos com condições e posições socialmente reconhecidas, e com uma interação regular e recorrente também a ela, socialmente aprovada.

Tipos de famílias:
  1. Família tradicional: a família com estrutura nuclear ou conjugal, que consiste num homem, numa mulher e nos seus filhos biológicos ou adotados, habitando num ambiente familiar comum. A estrutura nuclear tem uma grande capacidade de adaptação, reformulando a sua constituição, quando necessário.
  2. Família de pais únicos: trata-se de uma variação de estrutura nuclear tradicional devido a fenômenos sociais como o divórcio, óbito, abandono do lar, ilegitimidade ou adoção de crianças por uma só pessoa.
  3. Família ampliada ou consangüínea: é outra estrutura que consiste na família nuclear, mais os parentes diretos ou colaterais, existindo uma extensão das relações entre pais e filhos para avós, pais e netos.
  4. Famílias comunitárias: ao contrário dos sistemas familiares tradicionais, onde a total responsabilidade pela criação e educação das crianças fica a cargo dos pais e da escola, nestas famílias, o papel dos pais é descentralizado, sendo as crianças de responsabilidade de todos os membros adultos.
  5. Famílias homossexuais: nessas famílias existe uma ligação conjugal ou marital entre duas pessoas do mesmo sexo, que podem incluir crianças adotadas ou filhos biológicos de um ou ambos os parceiros.
Os papéis das pessoas na família:

Em muitas famílias o papel de provedor é do pai, mas em uma grande maioria esse papel é dividido entre o pai e a mãe ou está a cargo da mãe.

O papel de educar os filhos, cabe aos pais. Hoje essa questão está sendo dividida com a escola, com avós ou empregados. Percebe-se a falta de limites e valores em muitas crianças, o que faz com que as pessoas envolvidas, muitas vezes se desentendam e umas culpem as outras sobre os desvios de comportamento dessa ou daquela criança adolescente.

Algumas pessoas na família desempenham o papel de agregador da família, isto é, é a pessoa que procura sempre resolver os mal entendidos fazendo com que todos se entendam da melhor forma possível e se aceitem.

As funções da família regem-se por dois objetivos, sendo um nível interno, como a proteção psicossocial dos membros, e o outro de nível externo como a acomodação a uma cultura e sua transmissão. A família deve então, responder às mudanças externas e internas de modo a atender às novas circunstâncias sem, no entanto, perder a continuidade, proporcionando sempre um esquema de referência para os seus membros.
  
Fonte: “Comemorando e Aprendendo”, vol IV – Ivete Raffa – Ed. Giracor 
Atividades:
  1. Criar uma decoração sobre a cartolina com textura para encapar a agenda e o portarretrato da família.
  2. Representar a família com colher de pau e EVA.
  3. Representar a família com massinhas.
Objetivos:
  1. Refletir sobre a importância da família para a convivência humana, sobre os tipos de família que conhecemos e sobre os papéis que cada um desempenha dentro da família.
  2. Trabalhar os valores que precisam estar presentes no dia a dia das famílias.
  3. Confeccionar ou decorar objetos utilizados pela família.
  4. Representar a família com diferentes materiais.
  1. Portarretrato, Capa de agenda, Convite ou Caixinha porta-chaves
Materiais: cartolina branca, lápis preto, Tinta Guache ou plástica (Plastic Paint) ou Tinta Acrílica (Acrylic Colors), pincéis, Tinta Dimensional preta, Crystal cola de várias cores, tesoura, fita dupla face.
Modo de fazer:
  1. Corte cada cartolina em quatro partes, dê uma parte para cada criança.
  2. Peça que fechem os olhos e façam linhas sobre o papel de maneira que elas se cruzem em vários pontos (desenho cego).
  3. Pinte cada forma de uma cor com uma das tintas sugeridas na lista de materiais.
  4. Faça as linhas com Tinta Dimensional preta (contorno das formas).
  5. Faça texturas sobre a pintura com a Crystal cola. Deixe secar.
  • Portarretrato 

    Sobre as laterais do portarretrato cole fita dupla face. Cole o papel trabalhado sobre ele. Corte nas laterais.

  • Capa de agenda

    Solte o espiral da agenda. Encape a capa da frente da agenda, utilize a fita dupla face. Com um lápis perfure os buraquinhos onde passa o espiral. Passe o espiral unindo as capas e as folhas da agenda.

  • Convite

    Corte um retângulo de cartolina branca e dobre ao meio. Corte um retângulo ou oval do papel trabalhado e cole na frente do cartão. Com Tinta Dimensional preta escreva “Convite”.

  • Caixinha porta-chaves

    Passe uma demão de Base branca para artesanato em toda a caixinha pelo lado de fora. Pinte a parte de baixo da caixinha com Tinta Nature Colors ou Tintas Acrílica Fosca.

    Faça linhas sobre a tampa da caixinha de maneira que elas se interceptem. Pinte cada forma com uma cor de tinta. Espere secar. Faça os contornos com Tinta dimensional preta. Faça texturas com Crystal color.
  
  
  1. Família com colher de pau
Material: colher de pau, tinta PVA, pincel, EVA de várias cores, olhinhos móveis, tesoura, lãs, fitinhas, canetas permanente (preta e vermelha), cola branca, cola para EVA e Crystal cola.
Modo de fazer:
  1. Pinte as colheres de pau de maneira que cada uma represente um membro da família.
  2. Pinte com canetas permanentes (preta e vermelha) as sobracelhas e boca.
  3. Cole os olhinhos móveis.
  4. Faça os cabelos com lã e cole com cola branca no topo da colher de pau.
  5. Faça as roupinhas em Eva e cole sobre as colheres de pau.
  6. Decore-as com Crystal cola.
 
  
  1. Família com massinhas
Material: massinhas Soft, tinta guache, acrílica ou plástica e pincéis.
Modo de fazer:
  • Modele os familiares utilizando as massinhas Soft. Preste atenção no formato do corpo de cada familiar, nas cores dos cabelos, cor de pele, roupas que os familiares usam, etc.
  • Depois de duas ou três horas a massinha Soft endurece e fica esbranquiçada. Pinte os familiares com guache, tinta plástica ou tinta acrílica.
  
  
Conteúdos trabalhados:

-  Datas Comemorativas – Dia da família
-  Valores e atitudes.
-  Linhas, formas, cores, sobreposição, composição, proporção, textura, harmonia.
Técnicas trabalhadas:

- Pintura chapada com texturas (Atividade 01).
- Pintura e colagem (Atividade 02)
- Modelagem (Atividade 03)

Possibilidades de trabalho:
- Fale sobre o Dia da Família e como ele começou a ser comemorado. Mostre a obra de Tarsila do Amaral de 1925 “Família”. Converse sobre ela.
- Converse sobre os tipos de famílias que existem. Fale sobre os papéis e funções que cada um tem dentro da família.
- Relacione os valores que devem ser conservados dentro das famílias e reflita sobre eles.
- Fale sobre os idosos, a experiência que trazem e a herança que nos passam.
- Peça às crianças que escrevam sobre cada um dos integrantes de sua família, suas características, seus pontos positivos, o grau de parentesco, a profissão e a relação que tem com os demais membros da família.
- Peça que façam um desenho e nomeiem todos os familiares.
- Oriente-os nas atividades artísticas que representem a família ou que decorem objetos de uso coletivo da família.

Observação: Para saber sobre as demais Datas Comemorativas consulte os livros “Comemorando e Aprendendo” I, II, III e IV de Ivete Raffa – Editora Giracor.
Dicas:
1. Limpe sempre o pincel entre uma cor e outra.
2. Utilize quantas cores desejar.
3. Apoie o pulso sobre a mesa ou carteira para dar mais firmeza no momento de fazer o contorno (Atividade 01)
4. Trabalhe com a Cola de EVA em locais arejados.
5. A massinha Soft, depois de um tempo endurece e fica esbranquiçada. Pinte com guache, tinta plástica ou tinta acrílica.

Ivete Raffa
Arte educadora e pedagoga