Mostrando postagens com marcador Flores. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Flores. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Ensinando geometria com as flores

Ensinando geometria com as flores

As flores estão por toda parte e trazem uma sensação maravilhosa para o lugar. De 23 de setembro a 21 de dezembro, comemoramos a Primavera no Brasil e, por onde andamos vemos árvores floridas enfeitando ruas e avenidas, flores nos jardins. Nessa época vemos  um espetáculo de cores que a natureza nos oferece.
As flores possuem cores, formatos e texturas diferentes. Algumas plantas produzem poucas flores, outras nos dão pencas de flores, outras são apenas ornamentais. Nesse plano de aula vamos dar sugestões para que os seus alunos façam flores utilizando as formas geométricas.
Tudo à nossa volta possui forma geométrica, começamos pelo nosso corpo, os objetos e móveis da nossa casa, a própria casa, as coisas que vemos quando saímos de casa, enfim, tudo tem um formato geométrico. Sendo assim, este plano de aula vai unir as formas geométricas e as flores num único tema.
Muitos pintores retrataram as flores: Vincent van Gogh, Monet, Tarsila do Amaral, Aldemir Martins, entre outros.
Uma forma geométrica nada mais é do que um espaço delimitado por uma linha fechada. Pra fazer com que seus alunos entendam melhor leve-os ao pátio da escola. 
a)    Divida-os em duplas. 
b)    Marque alguns pontos no chão com giz, uns distantes dos outros.
c)    Chame as duplas e diga: “Um de vocês fará um percurso e voltará ao mesmo lugar e o outro irá marcando no chão esse caminho”.
d)    Converse com as crianças sobre as diferentes formas que foram criadas.
e)    Mostre que se o aluno não voltar para o mesmo lugar ficará apenas uma linha aberta mas não uma forma geométrica.
f)    Peça aos alunos que observem ao redor e vejam como tudo é composto por formas, algumas com linhas retas, outras linhas curvas, outras mistas.
g)    Elenque as formas geométricas que os alunos já conhecem (triângulo, quadrado, círculo, oval, retângulo...)
h)    Procurem pelo pátio ou imediações da escola plantas e peça que observem as diferenças que existem entre as folhas (formatos, cores, texturas, etc.).
i)    Observem as flores e observem as mesmas coisas. Converse sobre isso com eles.
j)    Diga-lhes que vão confeccionar flores com formas geométricas.


Atividades: Criar flores com papéis utilizando as formas geométricas.
Objetivos:
a)    Trabalhar a beleza de Primavera através da confecção de flores com formas geométricas, contextualizando-as com o livro “Quem vai ficar com o pêssego”, Claude Monet e Vincent van Gogh. Utilize as formas geométricas para confeccionar as flores.
1 – Flor com quadrados – “Quem vai ficar com o pêssego?”
Desenvolvimento do trabalho:
a)    O livro “Quem vai ficar com o pêssego?” da Ed. Callis fala de alguns animais e um pêssego. Cada um quer ficar com o pêssego pra si. 
Um diz que ele é mais alto (girafa) e tem o “direito” de ser o dono do pêssego, o outro (Rinoceronte) diz que é o mais pesado e quem tem o “direito” é ele, o ratinho é o menor e acha que ele deve ter esse privilégio, o crocodilo fala que ele tem a boca maior e o pêssego deverá ser dele....  
E você o que acha? Quem deve ficar com o pêssego? O maior? O mais pesado? O menor? Que tal dividir entre eles?
b)    Com os quadrados de vários tamanhos mostre às crianças que apesar de terem tamanhos diferentes eles são iguais, são quadrados e, que nós, temos tamanhos diferentes, cor de pele, cabelos ou olhos, peso... mas, somos todos iguais perante a Deus, somos humanos.
c)    Corte vários quadrados de tamanhos diferentes sendo dois de cada tamanho e peça aos alunos que alinhem do menor para o maior ou do maior para o menor.
d)    Depois, juntando de dois em dois e vá montando a flor. Procure sempre colocar os quadrados verdes (maiores) por baixo para as folhas.
e)    Com várias flores desse tipo você pode fazer releituras de obras de pintores famosos.

Material: Coleção Ecocores 21 cores, régua, cola, tesoura
Modo de fazer: 
a)    Recorte quadrados em vários tamanhos, sempre dois de cada cor.
b)    Sobreponha-os de dois em dois do maior para o menor para formar a flor.
2 – “Flores” – Aldemir Martins
Desenvolvimento do trabalho:
a)    Fale com os alunos sobre Aldemir Martins. Mostre várias obras e converse com as crianças sobre as características das obras desse pintor.
b)    Mostre a obra “Flores” do artista e, juntos, façam a Leitura formal e interpretativa.
c)    Proponha que as crianças façam a releitura da obra com papéis, recortando e colando sobre a Ecotela. 

 
Material: Ecotela, Coleção Ecocores 21 cores, Papel de seda (Novaprint), tesoura de corte reto, tesoura de picotar (arredondado) e cola branca.
Modo de fazer: 
a)    Recorte um vaso no papel Ecocores marrom e cole sobre a Ecotela montada-a de acordo com as instruções da embalagem. 
b)    Recorte círculos de tamanhos diferentes com o papel Ecocores 21 cores: laranja, amarelo e azul. Cole acima do vaso.
c)    Cole quadrados e retângulos no Papel Ecocores 21 cores verde (folhas). Cole sobre a Ecotela.
d)    Recorte 7 círculos em papel de seda com a tesoura de picotar (arredondado). Dobre em seis partes cada círculo de papel de seda e cole seis sobre um círculo de papel color set, um do lado do outro. Por último cole o sétimo círculo no meio dos seis círculos, colando pétala com pétala para ficar tridimensional.
e)    Cole algumas flores dessas sobre o vaso.

3 – Girassóis do Van Gogh 
Desenvolvimento do trabalho:
a)    Fale com os alunos sobre Vincent van Gogh. Mostre várias obras e converse com as crianças sobre as características das obras desse pintor.
b)    Mostre a obra “Os Girassóis” do artista e, juntos, façam a Leitura formal e interpretativa.
c)    Proponha que as crianças façam girassóis com papel Crepom Crep Pack Novaprint. Ensine-os. Junte os girassóis e monte a obra de Van Gogh. 

 
Releitura da obra “Os Girassóis” feita pelos professores que participaram do curso “Fazendo Arte com os Mestres da Pintura” no Ateliê de Estudo – SP, no dia 30.08.2014.

Material: Papel Crep Pack  Novaprint amarelo, marrom, dourado e verde, cartolina, tesoura, cola branca, jornal e Papel Colorset vinho.
Modo de fazer: 
a)    Recorte um círculo de cartolina para cada girassol.
b)    Corte o Papel Crep Pack amarelo para fazer as pétalas. Deixe 4 cm na parte inferior e corte de forma triangular. Corte duas vezes (pétalas maiores e menores). 
c)    Abra o papel crepom e “franza” com as mãos na parte reta. 
d)    Passe bastante cola no círculo de cartolina e vá colando as pétalas sobre ele. Em seguida, cole a segunda camada de pétalas.
e)    Faça um “botão” com o jornal. Encape com papel crepom Crep Pack marrom, laranja ou dourado. Cole no meio do girassol.
f)    Recorte um vaso com o papel colorset vinho e cole na parede com fita crep. Cole os girassóis sobre o vaso para montar a obra. Finalize recortando folhas com papel Crep Pack Novaprint verde e colando em volta do trabalho.

Conteúdos trabalhados: 
- Linhas, formas, tamanho, proporção, sobreposição, bi e tri dimensão, estética e composição plástica.
- Literatura infantil – Livro “Quem vai ficar com o pêssego?” – Ed. Callis (leitura e escrita).
- Aldemir Martins e Vincent van Gogh – vida, obras, características de suas obras.
- Leitura formal, interpretativa e releituras.
Técnicas trabalhadas: Recorte e Colagem.
Obs: As atividades 01 e 02 foram desenvolvidas pela professora Lucimara Guillen da EMEIEF Darcy Ribeiro de Santo André - SP.

http://www.novaprint.com.br

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Como Fazer flores de EVA para enfeitar o cabelo - passo a passo

Tiaras , fivelas, tic-tacs e enfeites de flores para os cabelos
 Olá pessoal!!! Já estava com saudade desse cantinho onde a gente se encontra com o E.V.A. Por isso pensei em mostrar uma idéia bem simples, pra gente ir começando aos pouquinhos o trabalho com essa deliciosa borracha.
No projetinho de hoje, nós vamos trabalhar basicamente com dois elementos que usamos bastante no artesanato com E.V.A.: estilete e cola. Apenas isso! Mas com resultado bem charmosinho…
Que menina não gosta de enfeitar os cabelos? Pra isso, valem tiaras, fivelas, casquetes… E você vai aprender a fazer essas flores que podem ser aplicadas, com graça, em muitas peças. Vamos começar?


Que tal dar uma recordada em nossas dicas de materiais e ferramentas? Clique EVA, dicas para fazer artesanato 
Antes de tudo: proteja a superfície que você vai usar de apoio para o corte. O estilete não tem dó e acaba marcando sua mesa. 

Prepare a base de trabalho com o EVAA melhor opção é usar um vidro por baixo. Se não tiver, serve um papelão mais grosso que depois você pode jogar fora.
Os materiais são:
  • Tiaras de plástico e fivelinhas tic tac
  • Estilete
  • Cola instantânea
  • Régua
  • Palitinho de madeira
  • Tesoura
  • Retalhos de E.V.A. que contrastem entre si
Prepare os materiais necessários para as tiaras
Corte as tiras de EVA
Você vai medir e cortar duas tirinhas de E.V.A. nas cores que desejar. Uma delas de 5 x 5,5cm e a outra de 5 x 4,5 cm.
Para criar flores de outros tamanhos, basta deixar uma diferença de 1cm na largura entre a plaquinha maior e a menor.

Na hora de riscar o E.V.A., use o palitinho de madeira numa posição bem inclinada para não “descamar” a placa, apenas marcar.Observe a posição correta de usar o palito no EVA
Observe a posição de usar o estilete no EVAQuando for cortar, repare que o estilete deve ficar bem “deitadinho” para que a régua sirva como uma espécie de guia e apoio, assim você aumenta o espaço de contato entre o corpo da lâmina e a régua, além de usar um pedaço maior dessa lâmina para cortar.

Se você colocar o estilete muito “em pé” (mais inclinado na vertical), vai acabar usando só a pontinha pra cortar e a chance de levar uma lasca da régua aumenta. 
Faça um pouco de pressão, mas não exagere!! Senão, como o E.V.A. é macio, quando você chegar ao final da linha de corte, vai perceber que a borracha entortou e fez um “biquinho”. Não queremos isso, não é? Então, prefira passar o estilete duas vezes sobre o E.V.A. se for necessário, do que ser apressadinha e tentar resolver tudo com um único corte!
Você cortou, mas algumas partes não se desprenderam. Não puxe!!! Posicione o estilete novamente sobre o local e passe suavemente.

Pecinhas cortadas… é hora de montar.Essas são as peças base das flores, já cortadas
Vamos fazer a colagem das bordasVamos unir as duas pontinhas da placa menor no sentido do comprimento. Use um fiozinho bem econômico de cola instantânea e, se você escolher um E.V.A. decorado, deixe a estampa para dentro.
O resultado que queremos é o seguinte: pontas coladas e parte central “livre”, formando uma pétala. Se você passar muita cola vai ficar tudo grudado, e a danada ainda vai escapar, manchando seu lindo E.V.A.Veja como colamos a primeira plaquinha
Dica importante:
Vamos entender como essa cola instantânea funciona?
Quando você passa a cola e coloca o E.V.A. sobre ela, vai perceber que a borracha fica quentinha. É porque acontece uma reação química que “derrete” um tantinho da borracha fundindo uma parte à outra. Por isso, você nunca deve pressionar o E.V.A. enquanto ele estiver colando, afinal esse tipo de material é sensível ao calor e deforma se você apertar. Só segure, fazendo uma pressão bem de leve.
E.V.A.s mais grossos levam mais tempo para grudar. Se você coloca muita cola, a reação química também custa mais para ser concluída.
Agora que você já sabe como a cola instantânea funciona, só falta avisar: CUIDADO COM OS DEDINHOS!!! Não há quem trabalhe com E.V.A. que não fique com cola instantânea “anexada” ao dedo, mas tudo sai com água quente ou alicatinho de cutícula. Não se desespere.

Observe como fica a segunda plaquinhaDepois que a primeira parte estiver colada, posicione-a dentro da plaquinha maior, como se fosse um recheio. Passe cola – pouquinho, você já sabe– no espaço que sobrou. Repare que nesta colagem você vai unir as pontinhas do E.V.A. de fora e fixar também a plaquinha menor. Formamos um “túnel” colorido!
Espere secar e corte tirinhas de 0,5 cm com a tesoura. Corte com um único picote.Corte as pétalas depois de coladas
Aqui estão suas pétalas cortadas e preparadasJá dá para ter uma ideia do que vai acontecer.
Monte primeiro a flor sem passar cola, assim é possível distribuir as pétalas da maneira mais uniforme.
Quase pronto…
Faça a pré-disposição das pétalas
Deixe pronto também o miolinhoPrepare também o miolinho da flor.
Para o miolinho você pode:
1. cortar uma tirinha de 0,3 cm e enrolar bem apertadinho, colando com uma mini gotinha de cola no final,
OU
2. usar um botãozinho bem bonitinho
Aqui está o miolinho de EVA pronto
Agora montamos a flor colando as pétalasPara colar as pétalas, use uma gotinha de cola na lateral de cada parte, bem próximo ao biquinho do miolo. Cole uma a uma.
Depois é só fazer o acabamento, colando o miolinho. Eu optei por usar um botãzinho.Aqui temos a flor de EVA prontinha para nossos projetos
Agora é só posicionar na tiara e colarPosicione a flor pronta sobre a tiara e cole, fazendo uma leve pressão por alguns segundos.
A tiara já está pronta!Aqui está a tiara pronta, simples e charmosa

Se quiser decorar mais, basta variar as cores. Vá em frente!!!
Aqui a tiara está decorada com várias flores

Você também pode criar meias flores, que ficam ótimas em fivelinhas e em tiaras mais finas.
Faça outros formatos e tamanhos de flores

Veja como fica o modelinho de fivela tic-tacNas fivelinhas tic tac você escolhe se quer que a parte de metal fique aparente ou não.
Se preferir recobrir com E.V.A. risque um pedacinho na medida da fivela, recorte e cole com cola instantânea.Você pode recobrir o metal do tic-tac
Tic-tac com fivela coberta de EVASobre a tira de E.V.A. cole a florzinha.

Agora que você já sabe como fazer a florzinha, mude os tamanhos das tiras de E.V.A. e crie flores pequenas, médias, grandes. Vá combinando as cores e “florindo” sua vida…

Vários modelos e formatos de enfeites de cabelo feitos com o EVA

Com as flores vazadas você pode fazer marcador de páginas, decorar porta-retratos, dar um colorido em molduras de quadrinhos, capas de agendinhas e cadernos. Enfim, use a imaginação e depois mostre pra nós o que você aprontou!!!